Dúvidas sobre a castração de gatos

Uma pesquisa feita pela PNS, Pesquisa Nacional de Saúde, e divulgada pelo IBGE no ano de 2015, aponta que o número de gatos e cães no Brasil ultrapassa os 73 milhões. Uma parcela desses animais vivem dentro de casas, porém aproximadamente 30 milhões deles estão nas ruas.

Por este motivo, a castração tem sido por muitos anos altamente recomendada pelos médicos veterinários. Além de prevenir a superpopulação de animais, principalmente de gatos que se reproduzem com muita rapidez, auxilia na prevenção de diversas doenças que podem vir a prejudicar seu animal de estimação. É importante ressaltar que a castração pode ser feita em gatos de todas as idades. Há quem diga que só deve ser feita a partir do primeiro cio, mas isso se trata apenas de um boato. É possível castrar sua gata antes de ela ter o primeiro cio de sua vida. No caso das fêmea a castração prevenirá infecções no útero, como por exemplo a piometra, uma vez que o órgão é retirado na cirurgia. Também diminuirá muito o risco de sua gata ficar com câncer de mama, já que os hormônios produzidos pelos ovários favorecem a formação de cistos e tumores. Por este motivo, é altamente recomendado que sejam castradas antes do primeiro cio, eliminando assim a possibilidade da ocorrência de futuras neoplasias.

Uma vez que o proprietário decidir submeter seu pet à cirurgia, alguns cuidados serão tomados. Devem ser feitos exames pré-operatórios para ter a certeza de que o animal tem condições de passar pelo procedimento, além das indicações sobre o que deve ser feito, por exemplo, o jejum. Após a cirurgia, seu bichano será liberado apenas após o efeito da anestesia, para que assim os veterinários verifiquem se realmente está tudo bem com ele. Logo, serão passadas novas indicações sobre como proceder no pós-operatório. Geralmente, há a necessidade do uso do colar elisabetano ou da roupa cirúrgica, para evitar que os gatos mordam os pontos, que também devem ter um dia marcado para serem retirados. Caso os pontos não sejam externos e não haja a necessidade de retorno, alguns médicos veterinários prescrevem sprays que evitam infecções no ferimento.

Converse com o veterinário de seu pet e obtenha todas as indicações necessárias. Somente esse profissional poderá lhe dizer como proceder exatamente em todas as etapas para a cirurgia e para uma recuperação bem sucedida. Se você procura uma clínica segura com funcionários qualificados, venha conhecer a Clínica Veterinária da Vinci 24h. Nela são oferecidas duas modalidades de castração, a com a retirada do útero e ovários nas fêmeas, e a com a retirada dos testículos do macho. Um oncologista especializado também atende na clínica com hora marcada, e o tratamento de quimioterapia pode ser realizado com toda a segurança, se necessário. Você pode acessar o site da Clínica http://www.veterinariadavinci.com.br/ ou ligar para (41)3016-2606.

Traga seu pet para a Veterinária Da Vinci, Clínica Veterinária 24 horas em Curitiba.

Vacinas, banho e tosa, castração. Plantão 24 horas para emergências veterinárias, com cirurgia em cães e gatos e internamento para cães e gatos com acompanhamento.

Fone: (41) 3016-2606

Rua Tapajós, 260, Curitiba/PR

Temos Leva e Traz.


Se preferir, entre em contato conosco pelo formulário abaixo: