Cuidados no pós-parto em cadelas

post-01

Os filhotes nasceram, que alegria! Tão pequenininhos, dá tanta vontade de apertar! Sim, o nascimento dos filhotinhos da sua cadela de estimação é um momento especial e merece festa. O que não podemos deixar de fazer, no entanto, é que os cachorrinhos recém-nascidos nos encantem de tal maneira que paramos de prestar atenção aos cuidados essenciais com a mamãe dos filhotes no pós-parto.

No geral, a cadela segue o instinto e cuida dos filhotes sozinha. Os filhotes, por sua vez, se alimentam com o leite materno e, aos poucos, abrem os olhinhos e começam a se movimentar com maior precisão. Não há necessidade de preocupação em demasia nesse momento do pós-nascimento dos filhotes, porém é importante estar atento a alguns aspectos básicos principalmente relacionados à fêmea. São eles:

  • A Orientação do Veterinário: É muito provável que você tenha recebido diversas orientações do veterinário com relação aos períodos de pré e pós-parto. A primeira dica é sempre seguir essas orientações. Fique atento aos horários dos medicamentos que possivelmente foram receitados e respeite os cuidados a serem aplicados diariamente para evitar transtornos futuros. Na dúvida, entre em contato com o veterinário responsável.
  • A Alimentação da Mãe: Sua cadelinha certamente deu à luz vários filhotinhos e é importante que ela tenha energia suficiente para conseguir dar conta de tamanha responsabilidade. Por haver maior demanda de energia nesse período, é aconselhável que as cadelas sejam alimentadas preferencialmente com ração para filhotes, devido à quantidade de nutrientes e vitaminas necessários para a amamentação. Observe se a cadela continua o consumo de água na quantidade habitual e respeite a quantidade de ração recomendada para cada raça, evitando o risco de levar o animal à obesidade.
  • Secreções: Neste período do pós-parto, especialmente durante as primeiras semanas, é normal que a cadela apresente uma secreção vaginal levemente esverdeada e inodora. Ela está expelindo o restante da placenta que permaneceu no útero. Caso essa eliminação ultrapasse cinco semanas ou apresente mau-cheiro, consulte o veterinário.
  • Temperatura: Caso sua cadelinha apresente um estado febril nos primeiros dias após o nascimento dos filhotes, não se preocupe. A temperatura do animal tende a ficar um pouco mais elevada durante este período, podendo chegar a 39,5° – porém não mais que isso.
  • Higiene: Essa é uma fase delicada tanto para a cadela, quanto para os filhotes. Delicada para a mãe, por ter acabado de passar por um procedimento que exige uma ampla gama de cuidados; e para os filhotes, por terem acabado de nascer e ainda não terem anticorpos ou energia suficientes para encarar uma complicação de saúde. A boa higiene do ambiente, portanto, é compulsória e ainda mais importante durante as primeiras semanas de vida dos cachorrinhos.

É importante também ficar de olho no comportamento da fêmea nessa fase. Alguns sinais que podem dar indícios de que há algo errado incluem aumento da frequência respiratória, agitação em demasia, temperatura corporal muito alta (acima de 40°C), resistência em cuidar dos filhotes, espasmos e contrações musculares involuntárias. Caso perceba algum desses sintomas, entre em contato com um veterinário de confiança imediatamente. Do contrário, basta dar muito carinho à mamãe e aos filhotes!

Traga seu pet para a Veterinária Da Vinci, Clínica Veterinária 24 horas em Curitiba.

Vacinas, banho e tosa, castração. Plantão 24 horas para emergências veterinárias, com cirurgia em cães e gatos e internamento para cães e gatos com acompanhamento.

Fone: (41) 3016-2606

Rua Tapajós, 260, Curitiba/PR

Temos Leva e Traz.


Se preferir, entre em contato conosco pelo formulário abaixo: